C 63 S AMG: Uma questão de escolha

C 63 S AMG: Uma questão de escolha

Revelado durante o Salão de Paris, em outubro de 2014, o C 63 S traz o mesmo trem de força do AMG GT, modelo de topo da gama de esportivos do grupo. Na prática, o três-volumes, que pesa 1.655 quilos, pode acelerar de 0 a 100 km/h em 4 segundos – a velocidade máxima é limitada a 250 km/h, mas um pacote opcional permite liberar toda a ferocidade do sedã e levá-lo a 290 km/h.

O novo motor é até 32% mais econômico que o anterior. Um dos segredos do bom resultado é que os dois turbos são montados na parte interna da bancada de cilindros, o que contribui para suas dimensões compactas e melhor aproveitamento energético.

O ronco e as respostas de motor, câmbio, amortecedores, controle de estabilidade e direção variam conforme o modo de direção escolhido: Comfort, Sport, Sport+ e Race. Há ainda uma opção personalizável.

O câmbio garante trocas rápidas e sem trancos. Há hastes para mudanças manuais atrás do volante com regulagens elétricas, de base reta e revestido de couro com costuras vermelhas, assim como os bancos.

Caixa de câmbio gerencia bem os 71 mkgf. A 120 km/h, dá para reduzir da sétima para a segunda marcha mantendo a mesma velocidade e sem trancos.

Solicite sua cotação agora!